Resenha: O Duque e Eu (Os Bridgerton #1) - Julia Quinn

30.6.15


 "O Duque e Eu" é o primeiro livro da série "Os Bridgertons" da autora Julia Quinn. Essa série é composta por 8 livros e cada narrativa irá contar como todos os filhos de Violet Bridgerton encontraram seus respectivos amores.
 O primeiro livro, relata a história de Daphne a primeira filha de Violet que alcançou a idade de encontrar um marido e se casar. Daphne é a típica mocinha cujos cabelos e olhos castanhos não despertam a atenção de nenhum cavalheiro com menos de 60 anos. Com sua personalidade simpática e amigável, Daphne acaba se tornando uma amiga para todos os possíveis pretendentes que acabam buscando outras mulheres para cortejarem. Vindo de uma família grande, a mocinha sonhava em se casar com alguém que amasse e formar um lar repleto de filhos.
 Diferente de Simon Basset. O protagonista da história é conhecido como um libertino de poucas palavras que tinha abandonado Londres devido as constantes desavenças com seu pai. Após a morte do terrível duque, Simon abandona a vida de aventureiro e retorna à Inglaterra para assumir o título de novo duque de Hastings. E é assim que o destino dos dois protagonistas se cruzam.

"Por um instante Daphne se esqueceu de respirar. Justo quando havia concluído que seu suposto salvador era irremediavelmente arrogante, ele tinha que lhe sorrir daquela maneira... Era um daqueles sorrisos de menino, do tipo que derrete corações femininos num raio equivalente de 15 quilômetros"
 Simon e Daphne se encontram pela primeira vez em uma situação complicada e logo nesse primeiro encontro Simon foi capaz de derreter o coração feminino de Daphne e de todas as leitoras desse livro.
 Julia Quinn escreve um romance com perfeição e durante vários momentos da narrativa cheguei a gargalhar com as aventuras dos protagonistas e todo o restante da família Bridgerton. Por se tratar de uma série, nesse primeiro livro a autora explora bastante a relação dos 4 irmãos mais velhos: Anthony, Benedict, Colin e Daphne.
 Simon é amigo intimo de Anthony, portanto o irmão fica furioso ao descobrir que seu colega está demonstrando interesse em sua irmã o que gera cenas cômicas durante toda a narrativa, já que Daphne conta com um trio de irmãos mais velhos que estão sempre preparados para defendê-la de qualquer mocinho mal intencionado.
 Inicialmente o relacionamento entre Daphne e Simon era uma farsa. O duque, sem vontade de encarar todas as mães casamenteiras e suas filhas solteiras propõe à Daphne fingir cortejá-la de modo a afastar as mulheres casamenteiras e aumentar as chances da mocinha encontrar um pretendente decente para se casar ao fim da temporada. Porém como toda farsa, nada nunca acontece do jeito esperado e nem é preciso dizer o que deu errado nessa história.
 "O Duque e Eu" é um dos melhores romances que eu já li. Originalmente conheci a história de Daphne e Simon em 2011 quando a editora Nova Cultural lançou o primeiro livro dessa série.


 Na época não tinha me apaixonado tanto pelo livro como aconteceu nessa segunda leitura, talvez porque os livrinhos de banca faziam cortes prejudiciais as histórias. Na versão integral publicada pela editora Arqueiro é possível amar e entender completamente os personagens e seus motivos.
 Daphne e Simon se completam e fazem o romance fluir de maneira imperceptível e natural. Não tive nenhum problema em entender os protagonistas, suas motivações e problemas. Adorei a maneira como a autora se empenhou em criar e desenvolver o relacionamento do casal, criando todo um vinculo afetivo entre eles desde o inicio da narrativa.
 Um romance para se apaixonar, rir, se comover e como bônus conhecer os outros galãs da família. Impossível não amar esse trio de irmãos mais velhos que adoram Daphne.
 Se você está procurando um livro que faça seu coração derreter, tenha muitos bailes, diálogos inteligentes e engraçados, uma mocinha inocente e um mocinho muito paciente em ensinar as artes de sedução  "O Duque e Eu" definitivamente encantará seus olhos.

"- Libertinos arrependidos dão os melhores maridos - afirmou Violet"

*p.s: Se você também já leu e se apaixonou por esse livro ou série a Editora Arqueiro compartilhou um teste onde é possível descobrir qual herói Bridgerton é nosso par perfeito.
O teste foi elaborado pela equipe Julia Quinn Brasil e você pode fazê-lo diretamente clicando no link.
Minha alma gêmea é Colin Bridgerton. Nem preciso dizer que fiquei muito animada com o resultado <3


Classificação: 4.5 de 5 estrelas.

Leia Também

0 comentários