desejo e escândalo.

Resenha: Desejo e Escândalo - Lorraine Heath

1.7.19


Após ser abandonado nas mãos de uma viúva e destinado a uma vida de infortúnios como uma criança bastarda, tudo o que Mick Trewlove desejava - após 31 anos terem se passado - era vingança. E nada melhor do que roubar a futura noiva do seu suposto meio-irmão - e filho legítimo do Duque que o abandonou - para destruir todos aqueles que indiretamente participaram de sua ruína.
 Entretanto, lady Aslyn torna-se um desafio maior do que Mick esperava, ao encontra-lá pela primeira vez em um jardim na calada da noite. Jurando a si mesmo que ele apenas usaria a moça para desmascarar a traição do Duque e destruir seu irmão, Trewlove não contava que ao passar cada vez mais tempo na companhia de Aslyn, ele próprio poderia não sair ileso daquele jogo de sedução.

daisy jones ande the six

Resenha: Daisy Jones and The Six - Uma história de amor e música - Taylor Jenkins Reid

3.5.19


"Muitas vezes a verdade não está nem de um lado nem de outro, e sim escondida num meio-termo"


 "Daisy Jones And The Six" de Taylor Jenkins Reid, conta a história de uma famosa banda fictícia - cujo nome é homônimo ao titulo da obra - a qual, em meados dos anos 70 tornaram-se um dos grupos de rock 'n' roll mais famosos internacionalmente. 
 Todavia, sua inesperada separação no final de 1979, deixou os fãs dessas lendas do rock, completamente atônitos com o rompimento - sem explicação e cercado de rumores - da aclamada banda. 
 Mas, agora, finalmente o público conhecerá a verdade por trás de todos os conflitos ocorridos nos bastidores do grupo "Daisy Jones And The Six" quando os membros da banda, se reúnem para contar seus relatos pessoais a uma entrevistadora que irá compilar suas declarações e transformá-las em um livro.
 Com direito a todos os principais fatores que parecem regerem o backstage das famosas bandas de rock da década de 70, "Daisy Jones And The Six" vem repleto de descrições sobre drogas, sexo, rock 'n' roll e drama, para entreter o leitor do começo ao fim. Mas, não é exatamente por esse motivo que permanecemos vidrados nos relatos da banda.

amores improváveis

Resenha: The Chase - A busca de Summer e Fitz - Elle Kennedy (Briar U #1)

22.3.19


 Sabe quando você abre a Netflix e aperta play na primeira comédia romântica que surge no catálogo por que tudo o que deseja naquele dia é distrair os pensamentos e apaixonar-se por algum casal meigo? Então, "The Chase" de Elle Kennedy é basicamente a versão de uma rom-com em forma de livro -  o que é mais legal ainda.
 O primeiro spin-off da série "Amores Improváveis" - lembra quando li "O Acordo" e me apaixonei por Hannah e Garrett? - conta a história de amor entre Summer e Fitz. Dois opostos que se atraem de maneira improvável e juntos embarcam em uma jornada sedutora e irresistível.

laura sebastian

Resenha: Princesa Das Cinzas (Princesa Das Cinzas #1) - Laura Sebastian

20.1.19


 "Princesa Das Cinzas" é o primeiro livro da trilogia de estreia da autora Laura Sebastian e nele somos apresentados a estória de Theodosia, uma princesa por nascimento, que viu sua mãe morrer e seu reino ser destruído quando era apenas uma criança.
 Após ser aprisionada e maltratada por um novo rei que utilizava sua imagem apenas como uma lembrança da decadência da antiga monarquia, Theodosia agora descobre que existe uma razão para lutar. E após permanecer submissa durante dez anos de sua vida, a princesa esquecida, decide reerguer-se e vingar todos aqueles que foram massacrados durante a guerra que deixou-a orfã.

julia quinn

Resenha: Uma Dama Fora Dos Padrões (Os Rokesbys #1) - Julia Quinn

3.1.19


 Quando Billie Bridgerton sobe em cima de uma árvore para resgatar um felino em perigo - não que ela gostasse muito de gatos - e fica presa sobre o telhado de uma casa ao torcer seu tornozelo, a última pessoa que a garota de 23 anos - vestindo calças, ainda por cima - esperava encontrar era George Rokesby - o rapaz menos favorito daquela família querida - mas, o universo aparentemente, tinha outros planos para Sybilla - agora entendemos o motivo do apelido "Billie".
 George, como um verdadeiro cavalheiro e homem prendado, prontamente oferece-se para auxiliar a pobre dama em apuros, porém Billie não é uma donzela tão fácil assim de agradar. Conhecendo-a desde a infância, digamos que George e Sybilla brigam mais do que gato e rato, entretanto após aquelas horas em apuros - se é que podemos classificar a situação dessa forma - um sentimento inesperado surge daquele encontro e o relacionamento amigável entre esses dois teimosos transforma-se em uma paixão confusa, engraçada e difícil de ser concretizada.

favoritos

Melhores Livros de 2018 | Best Books Of 2018

24.12.18



 Adivinha só quem está aqui para escrever um post vergonhoso sobre como 2018 foi o pior ano de leitura dessa existência? Isso. Eu mesma \o/.
 Então, nesse espírito pouco estressante de final de ano, pegue seu panetone com sorvete e aproveite esse texto irônico, enquanto você procura uma sombra ou ventilador para não morrer cozido no calor de 40º graus que aparentemente dominou o país.

cassandra clare

Resenha: Dama Da Meia-Noite (Os Artifícios Das Trevas #1) - Cassandra Clare

17.12.18



 Como já dizia Gal Costa, "Quando vim para esse mundo, eu não atinava em nada, hoje eu estou destinada a sofrer com parabatais amaldiçoados e chorar feito uma desvairada". Não rimou, porém o sentimento é verídico.
 Em "Dama Da Meia-Noite", Cassandra Clare - também conhecida como destruidora do emocional de todos os seus leitores - narra a estória de Emma Carstairs e Julian Blackthorn. Dois Shadowhunters que tornaram-se órfãos após o fim da Guerra Maligna - aquela que aconteceu lá em "Cidade Do Fogo Celestial" - e agora buscam a vingança e a verdade por trás do assassinato dos pais de Emma, os quais morreram com marcas e símbolos desconhecidos gravados em seus corpos.
 Não bastasse essa investigação que move todo o enredo principal, Emma ainda tem que lidar com os estranhos sentimentos descobertos por seu parabatai, enquanto Julian luta para criar seus irmãos menores e segurar todos os segredos que vem escondendo desde os doze anos de idade.
 Apesar de "Dama Da Meia-Noite" fazer parte desse universo de Caçadores de Sombras criado por Cassandra Clare em 2006, acredito que novos leitores conseguirão entender perfeitamente essa nova obra da autora - mesmo sem terem tido qualquer contato prévio com seus outros romances - simplesmente por que os capítulos iniciais desse livro fazem um apanhado geral sobre tudo aquilo que você precisa saber para compreender o enredo.

clube dos sobreviventes

Resenha: Um Acordo e Nada Mais (Clube dos Sobreviventes #2) - Mary Balogh

5.12.18


 Sophia Fry é uma pessoa excluída da sociedade. Após a morte de seu pai, a garota passou a viver basicamente de favores nas casas de todo e qualquer parente próximo. Conhecida como a "Ratinha" entre seus tios e primos, a dama consegue a proeza de chamar a atenção do Visconde Darleigh.
 Vincent - outro membro do "Clube Dos Sobreviventes" - teve sua primeira participação na guerra interrompida permanentemente, ao acidentar-se com o disparo de um canhão e perder sua visão. Não bastasse sua recuperação mental, o jovem agora tem que lidar com o novo título de Visconde que lhe foi incumbido. Fugindo da mãe e irmãs, as quais tentavam-no arranjar um casamento, o rapaz volta a sua antiga casa de infância e lá conhece a família de Sophia.
 A senhorita Fry, ao notar o interesse - não tão genuíno assim - da prima em agarrar Vicent e sua fortuna com as duas mãos, impede os planos da moça, apenas para ver-se despejada de casa. E o Visconde Darleigh - como o homem honrado que é - prontamente oferece uma solução para os problemas da dama recém-abandonada: unir-se a ele em sagrado matrimônio.
 Como nenhum dos dois tinham planos de casarem-se em um futuro próximo, Vicent faz uma proposta à moça: eles passariam apenas um ano juntos e depois cada um poderia fazer de sua vida aquilo que bem desejasse. E simples assim, Sophia Fry deixou de ser a "Ratinha" para tornar-se uma Viscondessa.