amores improváveis

Resenha: The Chase - A busca de Summer e Fitz - Elle Kennedy (Briar U #1)

22.3.19


 Sabe quando você abre a Netflix e aperta play na primeira comédia romântica que surge no catálogo por que tudo o que deseja naquele dia é distrair os pensamentos e apaixonar-se por algum casal meigo? Então, "The Chase" de Elle Kennedy é basicamente a versão de uma rom-com em forma de livro -  o que é mais legal ainda.
 O primeiro spin-off da série "Amores Improváveis" - lembra quando li "O Acordo" e me apaixonei por Hannah e Garrett? - conta a história de amor entre Summer e Fitz. Dois opostos que se atraem de maneira improvável e juntos embarcam em uma jornada sedutora e irresistível.

laura sebastian

Resenha: Princesa Das Cinzas (Princesa Das Cinzas #1) - Laura Sebastian

20.1.19


 "Princesa Das Cinzas" é o primeiro livro da trilogia de estreia da autora Laura Sebastian e nele somos apresentados a estória de Theodosia, uma princesa por nascimento, que viu sua mãe morrer e seu reino ser destruído quando era apenas uma criança.
 Após ser aprisionada e maltratada por um novo rei que utilizava sua imagem apenas como uma lembrança da decadência da antiga monarquia, Theodosia agora descobre que existe uma razão para lutar. E após permanecer submissa durante dez anos de sua vida, a princesa esquecida, decide reerguer-se e vingar todos aqueles que foram massacrados durante a guerra que deixou-a orfã.

julia quinn

Resenha: Uma Dama Fora Dos Padrões (Os Rokesbys #1) - Julia Quinn

3.1.19


 Quando Billie Bridgerton sobe em cima de uma árvore para resgatar um felino em perigo - não que ela gostasse muito de gatos - e fica presa sobre o telhado de uma casa ao torcer seu tornozelo, a última pessoa que a garota de 23 anos - vestindo calças, ainda por cima - esperava encontrar era George Rokesby - o rapaz menos favorito daquela família querida - mas, o universo aparentemente, tinha outros planos para Sybilla - agora entendemos o motivo do apelido "Billie".
 George, como um verdadeiro cavalheiro e homem prendado, prontamente oferece-se para auxiliar a pobre dama em apuros, porém Billie não é uma donzela tão fácil assim de agradar. Conhecendo-a desde a infância, digamos que George e Sybilla brigam mais do que gato e rato, entretanto após aquelas horas em apuros - se é que podemos classificar a situação dessa forma - um sentimento inesperado surge daquele encontro e o relacionamento amigável entre esses dois teimosos transforma-se em uma paixão confusa, engraçada e difícil de ser concretizada.

favoritos

Melhores Livros de 2018 | Best Books Of 2018

24.12.18



 Adivinha só quem está aqui para escrever um post vergonhoso sobre como 2018 foi o pior ano de leitura dessa existência? Isso. Eu mesma \o/.
 Então, nesse espírito pouco estressante de final de ano, pegue seu panetone com sorvete e aproveite esse texto irônico, enquanto você procura uma sombra ou ventilador para não morrer cozido no calor de 40º graus que aparentemente dominou o país.

cassandra clare

Resenha: Dama Da Meia-Noite (Os Artifícios Das Trevas #1) - Cassandra Clare

17.12.18



 Como já dizia Gal Costa, "Quando vim para esse mundo, eu não atinava em nada, hoje eu estou destinada a sofrer com parabatais amaldiçoados e chorar feito uma desvairada". Não rimou, porém o sentimento é verídico.
 Em "Dama Da Meia-Noite", Cassandra Clare - também conhecida como destruidora do emocional de todos os seus leitores - narra a estória de Emma Carstairs e Julian Blackthorn. Dois Shadowhunters que tornaram-se órfãos após o fim da Guerra Maligna - aquela que aconteceu lá em "Cidade Do Fogo Celestial" - e agora buscam a vingança e a verdade por trás do assassinato dos pais de Emma, os quais morreram com marcas e símbolos desconhecidos gravados em seus corpos.
 Não bastasse essa investigação que move todo o enredo principal, Emma ainda tem que lidar com os estranhos sentimentos descobertos por seu parabatai, enquanto Julian luta para criar seus irmãos menores e segurar todos os segredos que vem escondendo desde os doze anos de idade.
 Apesar de "Dama Da Meia-Noite" fazer parte desse universo de Caçadores de Sombras criado por Cassandra Clare em 2006, acredito que novos leitores conseguirão entender perfeitamente essa nova obra da autora - mesmo sem terem tido qualquer contato prévio com seus outros romances - simplesmente por que os capítulos iniciais desse livro fazem um apanhado geral sobre tudo aquilo que você precisa saber para compreender o enredo.

clube dos sobreviventes

Resenha: Um Acordo e Nada Mais (Clube dos Sobreviventes #2) - Mary Balogh

5.12.18


 Sophia Fry é uma pessoa excluída da sociedade. Após a morte de seu pai, a garota passou a viver basicamente de favores nas casas de todo e qualquer parente próximo. Conhecida como a "Ratinha" entre seus tios e primos, a dama consegue a proeza de chamar a atenção do Visconde Darleigh.
 Vincent - outro membro do "Clube Dos Sobreviventes" - teve sua primeira participação na guerra interrompida permanentemente, ao acidentar-se com o disparo de um canhão e perder sua visão. Não bastasse sua recuperação mental, o jovem agora tem que lidar com o novo título de Visconde que lhe foi incumbido. Fugindo da mãe e irmãs, as quais tentavam-no arranjar um casamento, o rapaz volta a sua antiga casa de infância e lá conhece a família de Sophia.
 A senhorita Fry, ao notar o interesse - não tão genuíno assim - da prima em agarrar Vicent e sua fortuna com as duas mãos, impede os planos da moça, apenas para ver-se despejada de casa. E o Visconde Darleigh - como o homem honrado que é - prontamente oferece uma solução para os problemas da dama recém-abandonada: unir-se a ele em sagrado matrimônio.
 Como nenhum dos dois tinham planos de casarem-se em um futuro próximo, Vicent faz uma proposta à moça: eles passariam apenas um ano juntos e depois cada um poderia fazer de sua vida aquilo que bem desejasse. E simples assim, Sophia Fry deixou de ser a "Ratinha" para tornar-se uma Viscondessa.

beatriz l. matero

Resenha: Todos Os Clichês De Lady Olivia - Beatriz L. Matero

30.11.18


 Londres, 1880
Lady Olivia estava perfeitamente satisfeita com sua rotina como dama de companhia. Aos 23 anos, a jovem do século XIX, desejava apenas uma coisa: possuir dinheiro suficiente para um dia abrir sua própria escola e trabalhar como preceptora.
Portanto, quando surgem os rumores de que seu falecido pai, o antecessor Duque de Winterfell, deixou um tesouro escondido em sua antiga propriedade, Liv não hesita em invadir a casa de infância e vasculhar todos os recôncavos do local em um plano que ela acreditava ser infalível até o enigmático Lorde Theodoro Balti surgir em seu campo de visão.

 Brasil, Dias Atuais
No auge de seus 26 anos, Theo nunca imaginou que – em uma fatídica tarde de terça-feira – ao vasculhar o computador da irmã e modificar o desfecho de um romance de época escrito pela caçula, ele seria envolvido por uma assustadora escuridão e transportado até o universo fictício, como punição por alterar o final feliz de tal livro.
Agora o rapaz, preso em uma Londres iluminada apenas a luz de velas, deverá seguir todos os clichês do gênero para retornar até a sua realidade. Perdido entre carruagens, bailes e os dourados olhos de Lady Olivia, Theodoro Balti precisará ajudar a protagonista da obra a alcançar seu final feliz, enquanto tenta resistir ao clichê mais difícil de não apaixonar-se pela dama

a darker shade of magic

Resenha: Um Tom Mais Escuro de Magia (Tons de Magia #1) - V.E. Schwab

15.11.18


 "Um Tom Mais Escuro de Magia" é aquele livro que veio restaurar a fé na humanidade e salvar meu universo literário - basicamente jogado aos pedaços - de entrar em total e completo colapso. Mas antes de tecer elogios para a escrita fantástica de V.E. Schwab, deixe-me fazer um breve resumo da narrativa.
 Em um mundo mágico dividido entre quatro Londres diferentes - Vermelha, Cinza, Branca e Preta - Kell é um dos últimos Viajantes - seres que conseguem transitar entre os universos - existentes em seu tempo.
 Proibido de coletar objetos de qualquer uma dessas Londres, Kell - como o feiticeiro rebelde que é - ignora esse aviso e inicia um comércio ilegal de troca entre colecionadores e outros magos em uma taberna local. Tudo transcorria as mil maravilhas, até uma garota interceptar Kell e entregar-lhe uma pedra misteriosa, solicitando ao rapaz que ele enviasse o pertence para um ente querido que residia em uma outra variação do mesmo país.
 Sem tempo para analisar o objeto ou o pedido em questão, o garoto viaja até a Londres Cinza e imediatamente depara-se com Delilah Bard - uma ladra com aspirações a pirata - em um beco sombrio da cidade. Envolto na confusão da situação ao descobrir que a pedra preta em seu bolso representava uma antiga e maligna magia proveniente da Londres Negra, Kell nem ao menos percebe quando Lila rouba o objeto de seu casaco e foge de seu alcance.
 Procurando a garota a fim de recuperar aquilo que lhe pertencia, o rapaz de um olho claro e o outro completamente negro, vê-se diante de um conflito envolvendo poderes antigos, que ele sequer imaginou existir.